ME LEVE EM TI

“Me levo pra ti.
Me leve em ti.
No abraço-casa e no beijo-laço.
No teu amor profundo.
Onde não exista o mundo
Pra nos aperrear,
Pra nos lembrar
Que não precisamos sofrer
Pra podermos viver
Um amor em estado puro
Que nos tira do escuro.
Meu coração, te juro,
Será o teu porto seguro” 

(Mael Júlia)

Imagem: Instaquote

Anúncios

O PURO, A BUSCA E UM SILÊNCIO

“Dentro do meu peito, há um sentimento puro que se revela no instante que você aparece.
Um sorriso que se abre despretensiosamente a cada frase sua.
O tempo que simplesmente para, quando estás diante de mim.
No mais, tudo ao redor não passa de cenário, luzes e figurinos cuja finalidade é realçar a tua nobreza e teu encanto.

Dentro do meu peito, há uma paciência rara de quem deseja te ter no tempo certo.
Mesmo sabendo que a melhor hora é agora.
Desejando que o amanhã chegue trazendo você, junto de um Sol vespertino e um aroma de flor.
Que no brilho dos olhos, na luz do sorriso, e em teu silêncio, habite a exata tradução do desejo igual ao meu.
Não haverá emoção mais intensa, do que estarmos frente a frente, e termos um ao outro.

Dentro do meu peito, há uma busca precisa.
Do acorde certo, e da tua voz em meu ouvido;
um pôr-do-Sol, e tua mão na minha;
uma alegria, e meu beijo no teu;
uma paz infinita, e o calor de nosso abraço;
um dia após o outro, e tua companhia;
de fundir seu coração e o meu.
Pois nada mais justo do que amplificar uma felicidade e concretizar um sentimento imenso.
Abdico dessa busca e findo meu silêncio no momento que eu tiver você e seu amor puro”.

(Mael Júlia)

Imagem:  Instaquote

AH, MORENA…- 5

Tens encantos, magia.
Doçura inexplicável.
Tens mistérios, enigmas.
Oceano indescritível.
Tens brilho de estrelas.
És um astro humano.
Tens cores de Dalí.
Beleza crescente a cada ano.
Ah, morena…
Mal sabes do meu bem-querer.
Da vontade de me mostrar
e da ânsia em te conhecer.
Do mistério em seu castanho olhar
e da ternura de, em ti, me envolver.
Da amplitude que há no amar
e na grandiosidade do que é viver.”

(Mael Júlia)

O ATO DE AMAR

“Eu quero te amar.
E amar cada instante que desenha nosso momento.

A minha necessidade é te entender e saber a sua satisfação naquele momento. Captar em seu olhar, a reciprocidade verdadeira. E te desarmar sutilmente através do meu beijo. Como a abelha fabricando o mel. Devagar, porém intenso e, carinhosamente, te trazendo pra dentro de mim. Aproximando-me e sentindo seu peito encostar-se ao meu, ao mesmo tempo em que seus braços me enlaçam em slow motion. E no meu abraço, você percebe minhas mãos magnetizando seus braços, seu pescoço, suas costas… Todo o seu corpo. A respiração alta e as palavras sussurradas tomam conta do ambiente. Diante de mim, estás maravilhosa e sua presença só aumenta o meu amor e o meu desejo. De tantos sentimentos evidentes, te conduzo como mereces e desejas. Te amando como se deve amar uma mulher: com respeito e intensidade. Querendo compartilhar emoções e eternizar cada gesto. Sabendo que tens um coração pulsante, assim como eu, e que para nós dois, viver tudo sem a perspectiva de um amanhã, é a maior das leis.

Fazendo do teu corpo, a minha morada. Onde exploro cada centímetro com precisão e profundidade, me certificando de sentires, ao menos, um arrepio e um olhar bêbado de prazer.

E do seu coração, a minha força para seguir adiante, e te amar mais ainda.

Tendo a consciência de haver o hoje, apenas. E me entregando a você como se cada segundo fosse algo frágil, para não me arrepender de nada. A intensidade rege meu ser.

Não há nada, nem ninguém ao nosso redor, a não ser o lugar onde estamos.

Nós dois, apenas.

Olhos nos olhos.

Nus de corpo e alma.

Escrevemos nosso enredo até aqui.

Não há a necessidade de pensar muito agora.

Basta nos deixar levar e fazer do presente, a eternidade.

Elevamos-nos e transcendemos pelo ato de amar.”

(Mael Júlia)

Imagem: http://www.universodamulher.com.br

NÃO PERCA TEMPO

14463070_309722909403824_2660030173117686001_n

“Não perca tempo.
Acabe com a espera, e venha de encontro ao meu abraço.
E meu beijo anseia por você, que é a única mulher desse mundo que despertou o melhor de mim.
A minha alma deseja a sua, com a força de uma flor e a pureza de uma chama.
Tocar no seu íntimo, como o colibri encontra a flor para dar o seu beijo sutil.
Não demore a vida inteira só para comprovar que eu estaria te esperando até meu descanso eterno, se preciso fosse.
Não sabote seu amor, que quer mergulhar no meu, alimentando a ilusão de um amanhã (ou um alguém) que possa nem vir.
Seu coração grita que me quer demais, mas você o manda calar. Porém ele jamais vai cessar seu grito, mesmo contra a tua vontade.
Acabe com essa espera, e seja a razão maior de cada dia meu. Seja a maravilha suprema que me fez redescobrir a felicidade. E que seja eu, uma das maiores razões de teu sorriso e tua alegria.
Se permita ser feliz. Só existe o hoje.
Os minutos e horas não voltam.
O tempo não é reembolsável.
Não perca tempo.”

(Mael Júlia)

Imagem: mensagens10.com.br

A CANÇÃO DO ESTRANHO

“A luz azul brilhou atrás de mim, enquanto eu dedilhava as teclas do piano.
E ao abrir a boca para soltar as primeiras palavras da canção, olhei diretamente pra você.
Mesmo o ambiente estando meio escuro, percebi que olhava para mim.
Já aprendi seus olhares. De surpresa, de afeto, de interesse, de desprezo, de ódio e de paixão.
Todas essas coisas, seus olhos castanhos conseguem disfarçar bem. Mas não me enganam.

A iluminação mudou e ficou mais forte, quando chegava o refrão.
Eu continuava te olhando, como um animal fitando a sua presa.
Querendo dominar, imobilizar, devorar.
Faço um gesto que a música pede, e noto um sorriso em teu rosto.
Já manjo das suas expressões faciais e dos seus nove sorrisos diferentes.
Tão complexos de decifrar, para aqueles que vêem pela primeira vez. Mas me tornei um expert no assunto.

As luzes, palavras, melodias… Tudo era intenso ao se encaminhar para o final da canção, e ter o desfecho perfeito.
Uma pausa na frase, deixando a nota morrer, e noto em você, os traços de lágrimas que a luz denunciou.
Finalizo a canção de forma simples, recebendo os aplausos inevitáveis.
Você é a única a não me aplaudir.
Mas me encara de uma maneira que transparece sua satisfação em estar ali.
Te conheço tão bem, que chega a ser triste o fato de você nem saber a metade de quem eu sou.
E mais ainda, é perceber o fato que você regride, na mesma proporção em que eu evoluo.
Você nem lembra qual foi a última palavra dita para mim. O que me faz, um estranho pra você.
Fico eu, com meu piano, minha música, e minha consciência tranquila.
Além do meu amor inteiro, para quem me quiser como sou e pelo que valho.
Um sentimento que você quis apenas pela metade.
Que pena!
Poderíamos ser quem quiséssemos, e o mundo teria sido o nosso jardim.”

(Mael Júlia)

Imagem: fhcanata.blogspot.com

ALMA NUA

Mais que uma música. Algo além. Recomendo ouvi-la.

Deixo aqui a letra também. Espero que gostem! 🙂

“Ó Pai
Não deixes que façam de mim
O que da pedra tu fizestes
E que a fria luz da razão
Não cale o azul da aura que me vestes

Dá-me leveza nas mãos
Faze de mim um nobre domador
Laçando acordes e versos
Dispersos no tempo
Pro templo do amor

Que se eu tiver que ficar nu
Hei de envolver-me em pura poesia
E dela farei minha casa, minha asa
Loucura de cada dia
Dá-me o silêncio da noite
Pra ouvir o sapo namorando a lua
Dá-me direito ao açoite
Ao ócio, ao cio
À vadiagem pela rua

Deixa-me perder a hora
Pra ter tempo de encontrar a rima
Ver o mundo de dentro pra fora
E a beleza que aflora de baixo pra cima

Ó meu Pai, dá-me o direito
De dizer coisas sem sentido
De não ter que ser perfeito
Pretérito, sujeito, artigo definido

De me apaixonar todo dia
De ser mais jovem que meu filho
E ir aprendendo com ele
A magia de nunca perder o brilho
Virar os dados do destino
De me contradizer, de não ter meta
Me reinventar, ser meu próprio Deus
Viver menino, morrer poeta.”

(Vander Lee)