LUA NOVA, VOCÊ E EU

“Você nem faz ideia do quanto eu me atento aos detalhes. E tampouco sabe que naquela noite em que nos beijamos, havia uma Lua Nova, assim como hoje.
Você nem sonha que eu daria tudo para reviver aquela experiência regada de poesia, calor e muitos beijos.
Você certamente está imersa num sono profundo, e ao despertar pela manhã, terás todo e qualquer pensamento sobre tudo que envolve seu cotidiano. Exceto sobre mim.
Você reunirá todas as pessoas que lhe são especiais para contar as incríveis novidades que aconteceu contigo, e alguns momentos hilários que dão vontade de rir só de lembrar. Todas, menos eu.
Você guarda no peito, um novo amor. E eu, um vazio.
Você nem sabe mais que eu existo, e menos ainda, o meu nome. E eu, mantenho na memória tua altura, teu signo, tua fala e até teu sobrenome.
O que me sobra, de verdade? Muito pouco.
O que fazer com tudo isso, que ainda pega carona em meu dia-a-dia? Não sei.
Porque você ainda está aqui. Dentro do meu coração e meu cérebro, enlouquecendo meus conceitos e firmando uma esperança completamente falsa.
Apenas os meus sonhos me confortam nisso tudo. Pois em cada um deles, você estava lá.
Em meus sonhos, você morria de frio ao meu lado, mesmo com casacos grossos. Pude te testemunhar sendo sereia quando mergulhava no mar.
Em meus sonhos, você dormia com a cabeça em meu colo, enquanto eu lia um livro. Sempre deixava o leite derramar, regava demais as plantas e amava quando eu declamava um poema.
Em meus sonhos, você me ouvia cantar e, depois disso, me envolveu num beijo tão lindo que fizemos amor até o nascer do dia. Estávamos exaustos, porém leves. Completamente consumidos pelo amor, e libertos através dele.
Em meus sonhos, nós sonhávamos os mesmos objetivos e tudo que nos bastava era o sorriso um do outro. Cada dia era o sublime em fragmentos, e você era a razão de tudo na vida ser maravilhoso.
Você foi minha redenção e vida eterna. Meu desejo concretizado num oceano de devaneios.
E nessa noite, a mesma Lua Nova me faz uma breve visita, para me relembrar de sua eterna proposta: a oportunidade de começar de novo e rever os desejos.
Mesmo que eu siga em frente, creio que estarás eternamente numa parte de mim, onde toda a magia e simplicidade são como estrelas. E irão reluzir por tempo suficiente, até ser a Luz de um poeta à escrever um livro.
Ou simplesmente, um poema sobre a Lua Nova, você e eu.”


(Mael Júlia)

Imagem: Astrologia Psicológica

Anúncios

LEMBRANDO DE VOCÊ

“Eu me pego lembrando de você, nessa noite. Diante de meus olhos, se forma a sua imagem e percebo, com absoluta clareza, o seu rosto.
Seus olhos que parecem sorrir para mim, e um sorriso que anula qualquer palavra.
Por algum tempo, pude sentir o calor de teu corpo no meu abraço, e ouvir o som sutil de sua respiração.
Engraçado! Até parece que você está aqui comigo.
Mas não está.
Um vazio enorme está dentro de meus braços, me atraiçoando, me enganando… quase me convencendo de que estás aqui.
Mas essa ausência é o que há de mais presente, aqui onde estou.
E as palavras que desfiro, são as pegadas que deixo para você pegar a trilha de volta.
São os sinais mais claros e absolutos de te querer unica e incondicionalmente por seres como és.
Quando eu pensava que a saudade estava insuportável, senti um beijo seu chegando no vento que entrou pela janela.
Os olhos marejam, me pergunto por quê você está longe, e as mãos se abrem tentando tatear algo no escuro.
Tento te trazer para mais perto de mim.
Para vararmos as madrugadas em inúmeros assuntos e em risadas espontâneas.
Para sermos no solo, dois astros prestes a explodir de tanto amor.
Para que nossos corações sejam o lar de ambos.
Tento fazer você enxergar que te amo.
Enquanto você não percebe isso, hei de cruzar dias e noites carregando esse sentimento.
E como o Sol que irradia a cada manhã, estarei lembrando de você.”


(Mael Júlia)


Imagem
: Instaquote

QUISERA EU

“Quisera eu, ter as palavras precisas para definir você. Adjetivos certos que lhe caibam como um vestido. E expressões que façam jus à grandeza de sua luz.
Em vão, tento falar sobre você.

Quisera eu, juntar as mais belas estrelas para abrilhantar suas noites. Convencer a Lua para que apareça diante de sua janela, e que tu a contemples como se não houvesse uma próxima vez.
Em vão, tento velar por você.

Quisera eu, ser o canto que lhe dá prazer. Ser a singular razão de alegria de teus olhos. Estar no porta-retrato de tua sala de estar.
Em vão, tento encontrar uma forma de te fazer feliz.

Quisera eu, encurtar a medida da distância que nos aparta. Ter a indescritível sensação de sentir teu abraço, te ouvir falar… Poder tocar a sua mão e não mais largar.
Em vão, tento me aproximar de você.

Quisera eu, poder mover céus e terras para cruzar nossos caminhos novamente. Despertar apenas uma lembrança em tua mente, e um apelo em teu coração. Fazer com que os dias fossem mais belos e com motivos de sobra para ver o que a vida oferece de melhor.
Em vão, tento não amar você.”

(Mael Júlia)

Imagem: mujer.guru

COMO EU QUERIA…

simpatia-para-homem-se-apaixonar-loucamente

“Como eu queria estar diante de teu olhar.
Reconhecer pessoalmente tudo que já me foi apresentado em palavras e imagens.
Assimilar tudo que me faz sorrir e deixar de imaginar para começar a viver.

Como eu queria ter tempo.
Apenas o suficiente para que nossos ritmos se sincronizem, e para percebermos cada gesto simples e movimentos de cada um.
O bastante para ver o quão insignificante é cada minuto, se não estivermos lado a lado.

Como eu queria dividir um vinho contigo.
Jogar argumentos engraçados pelo ar, enquanto nos acabamos de rir no chão da sala de estar.
Uma canção que sai de um celular nos faz dançar, e se segue por algumas a mais.

Como eu queria o teu beijo.
Conhecer o mistério e os sabores que habitam nele.
Descobrir o efeito intenso que existe ao juntar o seu no meu.
Nos deixar guiar nessa nave louca que apenas o beijo conduz e traça o caminho a ser trilhado.

Como eu queria ter o calor do teu corpo.
Me aquecendo e enlouquecendo a cada movimento de suas mãos e sua boca.
Me envolvendo em teu suor e os sentidos sendo afogados pela loucura.
Até restar a força de uma chama infinita que nos faz desejar mais e mais, e nos acabar na teia do adormecer.

Como eu queria o amanhecer e teu despertar.
Para me certificar de que esse momento é algo sublime e que moverei montanhas para viver isso mil vezes mais.
Para que suas palavras invadam meus ouvidos como um Noturno de Chopin, e me encante tanto a relembrar seus beijos de novo.

Como eu queria juntar a sua existência à minha vida.
De forma tão plena, que o Luar testemunharia nossas confidências mais íntimas, e olhando para ela.
De maneira tão urgente, que o globo terrestre se tornaria nossa casa e quintal.
De tamanha precisão, felicidade seria um fragmento pequeno, comparado ao que se vê em nossos olhos e almas.

Quem sabe se desejas o mesmo que eu.
Se pensas, ao menos uma parte disso tudo.
Ou se, num dia desses, você me surpreende aparecendo diante de mim, e torna minha vida mais iluminada.
Ah, como eu queria…”

(Mael Júlia)

Imagem: Simpatias Poderosas

POEMA PRA TI EM MIM

Amor...-Insano-amor.

“Esse poema é para você.
Para passear seus olhos sobre essas palavras,
e fazê-los brilhar a ponto de eu ver daqui onde estou.
Para eu me certificar de que tu sorrirás,
mesmo se eu não disser nada tão importante.
Apenas emitir algo bom que lhe faça bem.
Que lhe faça sentir que és especial.
Para que um luar desponte no alto da noite estrelada,
que sua luz entre pela janela do seu quarto,
e alumie seu rosto belo e raro.
Para que seja um abraço inundado de ternura,
te enlaçando enquanto danças em tua sala de estar.
Para que fique eternamente dentro do teu coração.
E por eu ser incapaz de te esquecer,
e por medo de que, um dia, tu me esqueças,
esse poema é para te eternizar em mim.”

(Mael Júlia)

Imagem: Fatos Desconhecidos

BRILHO DO SEU OLHAR

“Uma linda alma
de raro coração.
Possui a calma
e a determinação.
Um bem indiscutível
se revela.
Vindo dela
pelo brilho do olhar.

Um encanto nítido.
Um ser cheio de graça.
Faz, no mínimo,
a vida ganhar asas.
Uma descoberta incrível
ao estar com ela.
Abro a janela,
vem o brilho do seu olhar.

Um iluminado e feminino ser
de impensáveis adjetivos.
Um jeito simples de ser
que cativa todo ser vivo.
Busca a paz na areia da praia
e no ar que a vida dá.
Seu templo é o mar
que aviva o brilho do teu olhar.

Um tempo que não corre
ao estar junto dela.
Um querer que não morre
com o pensar nela.
Ela é intensidade e um amar
que lima qualquer defeito.
Há de ser eterno no peito,
ela e o brilho do seu olhar”.

(Mael Júlia)

Imagem: Encontro com Cristo

ASTRO OPACO

“Sobre essa cama, há um céu estrelado.
E cada estrela me observa e guarda.
Elas me fazem companhia e me permite que meu imaginário vá muito além delas.
Na mesma medida que a tua mão e teu carinho estão cada vez mais longe.
Um olhar antes brilhante, se revela sem raiz, imerso no desconhecido, e preso ao que não te traz Luz.
Minhas mãos atadas e meu sono perdido, são a perfeita tradução do que é angustiante.
Meu passo preso à sua boa vontade, e meu sonho atrelado à sua indiferença.
Sobre essa cama, sou como cada estrela: frio.
Elas me olham por horas à fio.
E eu, apenas observo o quanto do meu tempo vai pelo ralo.
E vejo também o sentido que havia em tudo que eu mais amava se esvanecer.
Sobre essa cama, sou um astro opaco, sem brilho.
Procurando, como um cego atravessando a rua, uma Luz pra minha vida, que me traga apenas paz.”

(Mael Júlia)

Imagem: Mega Curioso