DESEJO COM POUCAS RIMAS

“Desejo
Meu olhar no seu
Seu beijo misterioso
Seu andar
Tua voz dizendo
Que me quer
Que me ama
Com a calma
Habitual
Que te guia

Desejo
Minhas mãos
Segurando as tuas
Seu corpo nu
Colado ao meu
Em ebulição
Atração
Inevitável
Impulso fatal
Dois perdidos
no espaço sideral

Desejo
Sol e chuva
Mar e neve
Folhas caídas
Flores na mesa
Imenso lago
Vinho na sala de estar
Dança inebriante
Risos pelo ar
Brilho em teu olhar
Meu coração satisfeito
Dois seres
E o amor que transborda
Dentro da casa
Ou onde passarmos
O mundo mais belo
E a vida, sublime
Tudo partindo
De concretizar
Esse imenso
Desejo.”

(Mael Júlia)

Imagem: teamarassim.blogspot.com